Carrinho

Acompanhamento de Cultivo em todos kits de cultivo

Dicas para ter sucesso no primeiro cultivo em casa

No final de cada ciclo é isso que buscamos, potes cheios 🙂 Resultados!
Mesmo que você demore até “acertar a mão”, resiliência e propósito vão te manter cultivando em casa. Você só perde se desistir!

As dicas abaixo tem o intuito de te ajudar a escolher equipamentos, passar dicas para o dia a dia do seu cultivo e de te dar motivação para você virar um(a) grower e começar de fato a cultivar em casa!

Dica 1 para ter resultados no cultivo indoor: Menos é Mais.

Evite testar coisas durante o cultivo ou tomar ações somente com base no “eu acho que”, “vi em algum lugar que dava certo”, “mas minha avó fazia assim” e outras. Sei que já falei, mas não custa repetir. Invista pelo menos 30 minutos para estudar sobre o cultivo da sua planta, entenda o básico e o faça acontecer na vida real.

Pesquise, entenda o problema/situação em questão, crie o seu plano de ação e daí sim, execute e monitore resultados. Surgiram ideias, experimentos e possibilidades? Anote, crie um plano de ação e execute no próximo ciclo.

Quando você estiver mais confiante em cultivar em casa vai ficar muito mais fácil testar coisas novas sem comprometer resultados mas no início, quando você nunca levou um cultivo de sucesso, é mais recompensador observar, aprender e formar o hábito de cultivar em casa do que experimentar ou fazer tentativas de maximizar resultados sem nunca ter tido um resultado para usar como base.

Por mexer menos na sua planta, é possível obter mais resultados.

Alguém inteligente tem que ter dito isso no passado rs
Um plano de ação te permite se antecipar e se preparar para ter sucesso logo no primeiro cultivo

Dica 2: Tenha um plano de ação para o seu cultivo

Um modelo para plano de ação para começar o seu cultivo indoor pode ser tão simples quanto: 

  • Planta: Strain/Variedade A, Tempo de flora: 90 dias
  • Solo Substrato: Turfa + perlita, 10% Humus
  • Fertilizante: MaxiBloom – General Hidroponics
  • Tamanho do vaso: 2 Litros inicial, 4L final – transplante ao virar para floração
  • Técnica de cultivo: LST, poda apical/poda top
  • Tamanho do Grow: 105cm x 60cm x 50cm
  • Início: xx/xx/xx
  • Fim(estimado): Data do início do ciclo + tempo de flora da planta + 1-2 semanas para plantas recuperarem de stress causado por podas, variações de temperatura e outros. (É uma estimativa, somente para você saber o estágio atual da planta durante o cultivo, o tempo real pode variar, isso é ok)

O importante é se manter no plano, não tentar novas técnicas, novos fertilizantes, nada que te tire do plano inicial. Foco em resultados! Você pode sempre iniciar uma nova planta para testes.

Você quer uma base de resultados, você quer o sentimento de iniciar um cultivo e colher. Isso muda tudo na vida de um cultivador e só você pode se colocar nesse estágio, mesmo que demore um pouco no início, tenha um plano, continue cultivando, melhorando seus resultados e atingindo constantemente seus objetivos com o seu cultivo em casa.

Surgiu um problema na planta, algo inesperado? Siga o mesmo procedimento! Primeiro garanta que você está com um bom solo e que as regas tem sido no PH na faixa correta. Agora busque entender o problema com base na observação dos sintomas da planta e pesquisas na internet, forme uma opinião. Está confiante? Planeje e tome ação e monitore os resultados. Ficou na dúvida? Envie perguntas em grupos de chat, páginas do Instagram, Facebook. Consiga mais respostas usando as dicas na nossa postagem sobre como pensar como um cultivador(a)!

Geralmente você não vai ter problemas grandes na sua planta se estudar os cuidados básicos dela.

Dica 3: Pesquise o investimento no equipamento de cultivo indoor

Na minha opinião, um investimento em cultivo indoor é o melhor investimento que você pode fazer. Se você for analisar somente o ganho em qualidade e quantidade de medicina e alimento de primeira que você vai ter acesso, já aí é possível matematicamente ver que um cultivo se paga no primeiro ano, até antes! Fora isso você terá a satisfação de saber cultivar plantas que dão resultados, são saborosas e cheias de aromas, tudo isso em casa!

Invista no que achar necessário, faça com o que tem em casa se precisar e aos pouco vá melhorando ou compre um kit de cultivo com os principais equipamentos. O importante é cultivar.

Uma ferramenta que acho vital é o medidor de PH. Você desacredita quantos problemas podem ser evitados somente por manter o PH da sua rega entre 5.8, 6.2, até 6,5(pode variar de acordo com o método/meio de cultivo). Por controlar o PH da sua rega você garante as condições para que sua planta consiga absorver nutrientes do solo e não cai na armadilha de ter um PH desregulado, ver manchas nas folhas e achar que a planta tem uma deficiência de nutrientes. Se o PH está fora da faixa alguns nutrientes não vão ser absorvidos como deveriam, isso não quer dizer que falta algo, somente que a planta ficou incapaz de absorver o que você já está fornecendo de alimento e dar mais fertilizante para suas plantas só vai piorar o problema na maioria dos casos.

Outro equipamento que você quer investir tempo(para montar) e se disponível, capital(para comprar), é o cultivo, tenda, estufa, o grow em si. Você quer que suas plantas possam respirar ar renovado sempre. É vital ter exaustão no cultivo, para isso um cultivo sempre tem uma ou mais entradas de ar e uma ou mais saídas de ar. Isso garante que o ar quente e respirado seja removido do grow e o ar novo seja puxado para dentro do cultivo. O exaustor faz isso para você! Em alguns setups de cultivo você pode usar exaustores de entrada de ar também, eles servem para ajudar o exaustor de saída de ar trazendo ar novo para o cultivo. 

Geralmente as entradas de ar ficam embaixo, onde o ar frio se concentra e as saídas ficam no topo do cultivo pois o ar quente é mais leve e tende a subir. Outra parte muito importante do Grow é a parte elétrica. Sempre faça um serviço bem feito caso sua tenda ou cultivo não venha com instalação elétrica ou caso esteja montando um cultivo. Use disjuntores e contatores para proteção dos aparelhos e da instalação, sempre use cabos e tomadas bem dimensionadas para a corrente que vai consumir no cultivo e verifique sua instalação regularmente.

Você quer simular o Sol então você precisa de iluminação. Essa é uma das partes “caras” de um cultivo, mas novamente, um investimento em cultivo indoor é um investimento inteligente, te traz novas habilidades e deliciosas plantas em casa a um custo muito baixo mensal. Você pode calcular o quanto gastaria de energia usando a Calculadora de Cultivo da Homegrown. Eu recomendo pelo menos 50w LED de início e isso pode ser em qualquer tamanho de cultivo.

Existem outros pontos importantes como solo, fertilizantes, vaso(prefiro vaso de feltro alto, mas praticamente qualquer um serve de inicio). Para solo/substrato inicial recomendo Turfa e perlita 50%, pouco de húmus (tem vezes que não uso, dá certo) e MaxiBloom da General Hydroponics para todos ciclos da planta! 

O filtro de carvão que serve para reter partículas de odores e pólen das plantas, eles chegam a filtrar até 99% de todos odores e em alguns casos são recarregáveis, substituindo o carvão ativado a cada 6 meses ou 1 ano.

Um termo-higrômetro é uma ferramenta vital, especialmente caso você esteja com um novo cultivo em casa, um setup novo. Com ele você se mantém informado da temperatura e umidade dentro e fora (alguns vem com sonda e cabo) do seu cultivo e isso te permite diagnosticar sua planta com base no ambiente também.

Para finalizar: Umidificadores, desumidificadores, medidores de condutividade da água (para ver o quanto de fertilizante está presente na água), óleo de neem (prevenção pragas), Clonadoras/Domo e muitos mais que você pode usar para deixar a sua vida de cultivador(a) como quiser!

Claro que isso é uma opinião e eu busco sempre simplicidade quando cultivo em casa, assim como todo bom grower, eu formei essa opinião uma com base em pesquisa e observação e depois com base em testes. Você também vai formar uma opinião sobre fertilizantes quando for estudar o cultivo da sua planta, quando começar a seguir cultivadores no Instagram e outras mídias sociais ou fóruns e quando começar a cultivar de fato!

Dica 4: Um resultado modesto não é o problema, o problema é ficar sem resultado.

Invista em conhecimento e cultive como conseguir. Cultive plantas pequenas se precisar, use menos iluminação do que “obrigam”, leve o cultivo mesmo que estiver um pouco mais quente que o ideal. Não desista e cultive! Observe e aprenda, o importante é você atingir o objetivo principal que é ter resultados com o seu cultivo em casa.

Só perde quem desiste, só fica sem resultados quem não começa a cultivar.

Resultados em cima de resultados geram BONS resultados, é algo que vem com o tempo, com o passar dos cultivos. Seja viciado(a) em ter resultados no seu cultivo indoor e você vai chegar nas colheitas que espera!

Se você chegou até aqui, gratidão e parabéns pelo uso do seu tempo, grower! Com essas 4 dicas você tem tudo para ter sucesso no seu primeiro cultivo, as vezes até passando os seus objetivos iniciais. Assumindo que você você tenha estudado sobre o cultivo da sua planta e sobre cultivar em casa, claro!

  1. Por que começar a cultivar em casa?
  2. Por onde começar a cultivar em casa?
  3. Qual o trabalho envolvido em cultivar em casa?
  4. Como pensar como um cultivador
  5. Dicas para ter sucesso no primeiro cultivo em casa(você está aqui)
Envios para todo Brasil

Calcule frete no carrinho

Sem Riscos! Não gostou?

Basta Retornar em até 7 dias

Comunidade de Cultivadores

Mais de 450 cultivadores na Growbox

100% Checkout Seguro

Diversas Bandeiras e Pix