Começando a Cultivar, Cultivo Indoor

Como começar a cultivar em casa?

Como eu me vejo cultivando… claro que não começa assim né? rs

O início de qualquer coisa nova é difícil e começar a cultivar em casa não é diferente. São tantas informações e nós aprendemos a querer perfeito, acertar de primeira, fazer tão bem quanto esse ou aquele(a) grower ou essa ou aquela foto, não é?

Você não precisa dessa pressão! É ok errar se você estiver realmente tentando acertar, é ok não ter total domínio do cultivo em casa e é ok começar com o equipamento que você pode comprar hoje ou que você tem disponível. 

Você tem que começar com o primeiro passo, se informar!

Você pode ter ótimos resultados cultivando em casa, mesmo não sabendo tudo sobre cultivo e com pouco tempo disponível para cuidar das plantas. Vou te ajudar nessa jornada!

A primeira coisa que eu faria como um novo Grower seria listar 4 tópicos que mais me impedem de começar a cultivar. Não existem dúvidas bobas! Por exemplo, os meus foram:

  1. O que eu preciso comprar para cultivar em casa? Quais os custos envolvidos?
  2. Como é o ciclo da planta que vou cultivar?
  3. Que tipo de alimentação (fertilizantes) posso/vou usar?
  4. Como controlar o tamanho dessa planta e/ou maximizar resultados?

Essas e outras dúvidas provavelmente estão  na sua mente, elas estão tornando a decisão de começar a cultivar em casa algo trabalhoso, algo difícil, então a primeira coisa é eliminar parte delas com 30 minutos de esforço. Cinco a dez minutos de estudo por dia, dia sim dia não e tá mais que suficiente para a primeira etapa de esclarecer as grandes dúvidas na sua mente.

Basicamente queremos imitar o ambiente externo para poder cultivar em casa, então precisamos de luz e ar renovado, esse é o básico! Simples não? Claro que você precisa da planta, do vaso fertilizantes, medidores e outros. Por hora estamos dando os primeiros passos no cultivo indoor.

Eu vou responder as minhas dúvidas para te ajudar, esse seria o resultado da minha pesquisa inicial. A sua pode variar de acordo com a sua planta que você quer cultivar indoor e você não precisa se aprofundar nos assuntos ainda, basta estar ciente deles, escrever as dúvidas e fazer a busca inicial.

1- O que eu preciso comprar para começar a cultivar em casa? Quais os custos envolvidos?

Como cultivo eu escolhi a Growbox Ideal(claro né? rsrs) mas poderia ser uma tenda, estufa convencional ou até um PC Grow ou PVC Grow. O importante é ter um espaço de cultivo, um lugar onde você possa abrigar suas plantas, que não permita luz saindo ou entrando no cultivo e que tenha entradas e saídas de ar. Qualquer tamanho de Grow é viável, você determina o tamanho final das plantas aplicando técnicas de cultivo ou reduzindo o tempo que ela fica vegetando por exemplo.

Como acessório, na minha lista coloquei o exaustor de saída de ar, ele vai trocar o ar do cultivo, ele é configurado para jogar ar fora do grow. Em alguns casos pode ser necessário adicionar um exaustor de entrada de ar, mas no geral, um bom exaustor de saída causa pressão negativa que seria basicamente o ar novo sendo forçado para dentro do cultivo(por todas entradas possíveis) a medida que ele é ativamente jogado para fora pelo exaustor de saída(o ar sai somente pelo exaustor).

Existe também a possibilidade de adicionar ventiladores dentro do cultivo, esses são geralmente usados para fortalecer galhos e conduzir o ar da entrada até a saída de ar, garantido que o ar passe por todas plantas antes de ser removido. Ventilador interno não é obrigatório, geralmente se faz necessário em cultivo grandes ou quando você tem plantas muito densas, cheias de folhas.

Lâmpada de cultivo 50w, acho que é o minimo para se começar um cultivo em casa, para falar verdade até com 25w em cultivos pequenos é possível. Já tive cultivadores da Homegrown levando cultivos com 3 lâmpadas LED compradas em mercado.

Você pode montar o seu painel de cultivo (Youtube tem diversos guias, mas sempre tome cuidado redobrado e não pegue atalhos, toda instalação elétrica tem que ser bem feita), comprar holofotes LED ou comprar painéis profissionais como as “Quantum Boards” (que na verdade são painéis que usam os LEDs da Samsung, de preferência LM301B e LM301H).

Existem muitas nuances sobre iluminação para cultivo indoor, no início é mais que ok observar somente a temperatura de cor/espectro e a potência da iluminação (o consumo real muitas vezes é menor do que o que vem escrito na embalagem). Depois você pode se aprofundar em termos como PPDF, DLI e também entender o que é o PAR (basicamente o espectro, faixa de luz que a planta usa para fazer fotossíntese), se tiver curiosidade

Para plantas no vegetativo você busca “branco frio” 4000k, 6000k. Para plantas em floração você quer o “branco quente”, 2700k, 3000k. O espectro 3500k cobre tanto o vegetativo quanto a flora ou seja, simplificando: ela tem uma faixa que luz que praticamente preenche o todas cores que a planta pode usar para fazer fotossíntese(PAR). São chamadas de “Full Spectrum” em alguns lugares, “cobrem todo espectro”.

Ok, tenho a iluminação, agora vou precisar de 4 Vasos de 7L, saco de 25 a 50 litros de substrato inerte(turfa e perlita 50%). A turfa e perlita são ótimas para quem está começando por que você é o responsável por tudo que a planta usa de alimento. Te da mais controle no crescimento da sua planta.

Também achei legal colocar na minha lista: Medidor de ph, fertilizante 250ml de fertilizante NPK com concentração maior de Nitrogênio para o vegetativo e 250ml de NPK para frutos e flores que tem maior concentração de Fósforo, Potássio que auxiliam na floração. Meu custo total: R$1 a R$3 mil reais, somando Grow, Exaustor, Vasos, Substrato, Fertilizante, Medidor de Ph e Iluminação (geralmente o maior investimento).

2- Como é o ciclo da planta que vou cultivar?

Vegetativo com 18 horas de luz e floração ativada com mudança para 12 horas de luz por dia, essa planta que selecionei tem geralmente 90 dias de flora. Por trocar quantas horas de luz a planta recebe por dia você altera o ciclo dela. Você pode por exemplo fazer plantas menores vegetando elas por menos tempo. No meu caso vou vegetar até minha planta ocupar boa parte do espaço horizontal do meu cultivo. Para rendimentos é melhor treinar a planta para ocupar o espaço do Grow horizontalmente e depois verticalmente, você faz isso usando técnicas de cultivo. A ideia é ter a planta baixa e bem ramificada e depois deixar ela crescer, com isso busco ter bons rendimentos e diminuir a complexidade do cultivo. Decidi que vou mudar minha planta para a floração(12 horas de luz) assim que eu tiver pelo menos 4 topos, “galhos” que durante a floração vão virar flores, vou trocar o ciclo o quanto antes pois sei que minha planta tende a crescer muito durante esse estágio.

3- Que tipo de alimentação (fertilizantes) vou usar?

Fertilizante Mineral NPK com boa concentração de nitrogênio para o vegetativo e fertilizante para flores e frutíferas na floração(aumento de Fósforo, Potássio que auxiliam na floração), com regas no ph entre 5,8 e 6,2. Um solo ou substrato com o PH regulado garante paz no seu cultivo, acredite! Para isso basta regar com a água pelo menos próxima a faixa ideal(5,8 e 6,2), sempre.

4- Como controlar o tamanho dessa planta no cultivo indoor e maximizar resultados?

Usando técnicas de cultivo indoor. No meu caso escolhi usar LST e Poda Top/Apical.

Talvez tente um SCROG por ser simples. Essa técnica também vai me ajudar na tarefa de manter minha planta baixa e espalhada, na horizontal. Com o auxilio de uma rede simples ou improvisada consigo direcionar os galhos da minha planta durante o vegetativo e depois vou deixar ela crescer livremente na vertical durante a floração.

Agora sua vez

Simples essa busca não é? E ainda assim, muito informativa! Com essa busca é possível saber onde vou colocar o cultivo, o espaço que ele vai tomar, já sei o tamanho dos vasos e listei as técnicas de cultivo que me vejo fazendo, assim fica fácil saber quantas plantas vou cultivar e muito mais! 

Não precisei me aprofundar nos assuntos e agora já tenho uma ótima base para o meu futuro cultivo e pesquisas. Sou um grower mais confiante por isso! Agora sua vez!

Em um caderno, notepad ou qualquer coisa que você possa escrever ou digitar liste as principais dúvidas ou tópicos que você sente te impedem de começar a cultivar hoje.

Agora com essa lista em mãos, Google é nosso amigo! A Jornada começa no Youtube e Google Imagens. Acho mais fácil começar vendo, observando e depois migrar para as leituras mais específicas.

Técnica de cultivo SCROG – Encontrado no Google Imagens

De início você pode buscar por vídeos curtos, 2-5 minutos por vídeo. Um vídeo para cada tema da sua lista. Se durante o vídeo surgirem mais dúvidas, perfeito! Anote elas, depois vamos atacar as dúvidas específicas, por hora estamos explorando e descobrindo sobre nossa planta e como as pessoas têm cultivado ela em casa.

Não encontrou um vídeo no Youtube ou prefere algo diferente? Google Imagens! Ótimo para encontrar imagens de resultados de cultivos em casa, detalhes e desenhos de técnicas de cultivo, tabelas e comparativos de tudo que você imaginar!

Prefere ler? Na internet existem fóruns gigantes sobre todos tipos de plantas! Tanto no Brasil quanto no exterior. Então basta procurar por: Fórum Nome_da_sua_Planta.

Só isso! Você vai encontrar diversos resultados nacionais e internacionais, para fóruns em línguas que você não domina, basta usar o Google Tradutor! Ele vai traduzir o site todo para você. Milhares de pessoas trocam diariamente mensagens e dúvidas em grupos de Telegrams, Forums, Páginas do Facebook, Instagram, você pode alavancar a ajuda de todas essas pessoas! Só não esquece de “pagar para frente” e ensinar alguém quando você ficar confiante no cultivo da sua planta ????

Filme: A Corrente do Bem(2000)

Existem também livros gratuitos e pagos que ensinam você a cultivar diversos tipos de plantas, basta procurar “Livro/Guia/Ebook cultivo Nome_da_sua_planta”.

Ok! Suas dúvidas iniciais você já se respondeu, seja por leitura, vídeos ou imagens. Pode se parabenizar! Você provavelmente gastou 30, 40 minutos e já respondeu as perguntas que mais te atormentavam. Um bom começo eu diria!

Agora surgiram mais dúvidas, provavelmente mais específicas e talvez você já queira botar a mão na massa. Hora de se aprofundar um pouco e bolar um plano de ação para o seu cultivo!

  1. Por que começar a cultivar em casa?
  2. Por onde começar a cultivar em casa? (você está aqui!)
  3. Qual o trabalho envolvido no cultivo indoor
  4. Como pensar como um cultivador
  5. Dicas gerais para ter sucesso no primeiro cultivo em casa

Posts relacionados